Vinho e turismo

Os apreciadores de vinho que têm a oportunidade de viajar pelo exterior podem fazer um roteiro que permita conhecer vários tipos da bebida.

Na Europa, se pode dar destaque a três países que merecem ser visitados e onde a produção de vinhos já virou tradição:A França é um país clássico, mundialmente conhecido por sua produção de vinhos, com destaque para o Bordeaux, cuja região de mesmo nome é a segunda maior área de vinhedos do mundo, além do Champagne, vinho branco espumante que conquistou o paladar de muita gente. Atualmente, só se chama de Champagne o vinho produzido na região com nome idêntico, os demais são chamados de espumante, apenas. 

Já a Alemanha ficou conhecida pelo tradicional Mosel, que leva este nome em razão do rio Moselle que passa pela região onde o vinho é produzido. Por ter várias encostas íngremes, a produção dos vinhos Mosel é considerada uma das que mais trabalho dá, pois a colheita não pode ser mecanizada. Isso faz com que o tempo de retirada das uvas seja sete vezes maior do que em um terreno plano.

Assim como a França, a Itália conquistou fama internacional por sua produção de vinhos. Da mesma forma que a gastronomia italiana é apreciada pelo mundo afora, seus vinhos também o são. E uma das regiões com inúmeras vinícolas que merecem ser visitadas é a da Toscana. Suas belas paisagens encantam os visitantes, que têm a oportunidade de apreciar variados vinhos. Os que buscam maior conhecimento sobre a bebida podem participar de cursos e palestras oferecidos nas próprias vinícolas.