A internet nunca esquece

Cada vez mais, empregadores exigem pegadas digitais limpas. Cientes disso, RHs e headhunters são unânimes: haters só no fim ou fora da fila.
No mundo mágico das redes sociais, onde ninguém tem dor de barriga ou paga boletos, onde os empregos são sempre dos sonhos e, invariavelmente, o aeroporto é “a segunda casa” de uma turma abundante, existe um espaço relevante para as oportunidades profissionais.

Página 7 de 7