Empresa israelense teve função vital no resgate dos meninos na Tailândia

Devido à dificuldade de acesso ao local onde estavam os 12 garotos e o treinador deles presos no complexo de cavernas na Tailândia, foram necessárias diferentes tecnologias para o resgate. Entre elas, rádios portáteis capazes de manter a comunicação em longas distâncias, cedidos pela empresa israelense Maxtech Networks.

A atuação da empresa foi de grande importância nos procedimentos para operações da comunicação. Antes da tecnologia, havia muita dificuldade, pois dentro das cavernas os telefones celulares não funcionam.

Os 17 rádios emprestados possuem capacidade de contato num raio de até três quilômetros, independentemente de torres de rádio ou qualquer outra estrutura física para o envio e recebimento de sinais. A partir dos equipamentos, a equipe de salvamento que estava na parte de fora da montanha conseguiu comunicação com qualquer socorrista na parte interna da caverna. Assim, foi possível detectar o exatamente a localização dos meninos. Além disso, a Maxtech também cedeu um dos seus engenheiros para auxiliar nas buscas.

Para a equipe, a tecnologia israelense foi primordial para ter segurança no processo de envio de suprimentos às crianças e ao treinador de futebol. A ajuda foi gratuita. Mais uma vez, Israel mostra sua solidariedade e espírito altruísta ao mundo.